13/06/2017 17:22 - Atualizado em 13/06/2017

Brasil fica em 11º no Canadá Sevens

No Rugby feminino, apesar das boas apresentações, Yaras não conseguem ficar à frente da Espanha na penúltima etapa da Série Mundial

Langford (CAN), 29 de maio de 2017 – A Seleção Brasileira Feminina de Sevens disputou neste fim de semana, dias 27 e 28 de maio, o Canadá Sevens, a 5ª e penúltima etapa da temporada 2017 da Série Mundial de Sevens Feminino (World Sevens Series). As Yaras terminaram o torneio em 11º lugar, após a vitória sobre a Holanda, mas seguem em situação delicada na competição, agora 4 pontos atrás da Espanha.

A uma etapa do fim da temporada, Brasil e Espanha duelam para ficar entre as 10 melhores equipes da Série Mundial e assim garantir vaga entre as equipes fixas da próxima temporada. As espanholas estão em 10º lugar, com 15 pontos, contra 11 da Yaras, em 11º na classificação geral. Após cinco etapas disputadas até agora, a Nova Zelândia é líder, com 96 pontos, contra 82 de Canadá e Austrália. A temporada 2017 da Série Mundial se encerra nos dias 24 e 25 de junho, com a etapa de Clermont, na França.

A etapa canadense

Jogando em um grupo bastante complicado, o Brasil começou a etapa canadense jogando contra as donas da casa, que foi superior e venceu por 33 a 5, com try brasileiros de Claudinha. Já no segundo compromisso da fase de grupos, contra a Rússia, as Yaras encaixaram melhor seu jogo e por muito pouco não saíram com a vitória. O Brasil saiu na frente, com try de Maíra, e sofreu o empate no fim do primeiro tempo. Após o intervalo as russas viraram o jogo, com try de Mikhaltsova, mas viram as brasileiras pressionar o jogo inteiro. As Yaras perderam suas oportunidades para virar o placar e as russas não perdoaram, marcando outros dois tries e fechando o placar em 20 a 5.

No último jogo da fase de grupos, o Brasil pegou a França, e caiu por 36 a 5, com try de Edninha para as Yaras. Os resultados deixaram a equipe na disputa do 9º ao 12º lugar. Contra Fiji as Yaras fizeram grande apresentação, quase perfeita. Ravisa abriu o placar para as fijianas, mas Claudinha e Haline viraram para o Brasil. Raquel também marcou o seu e levou o jogo para o intervalo com placar de 19 a 7 para o Brasil. Na segunda etapa, entretanto, Fiji mostrou mais força física e buscou a virada, com 24 a 19.

No último jogo da etapa o Brasil não encontrou dificuldades para superar a Holanda, por 28 a 7, com três tries de Baby e um de Bianca. O resultado, entretanto, deixou as Yaras atrás da Espanha, dificultando ainda mais a situação brasileira na busca pela permanência na Série Mundial de Sevens.

5ª etapa da Série Mundial de Sevens (World Sevens Series)

Langford, Canadá

27 e 28 de maio

Resultados do Brasil:

Canadá 33 x 5 Brasil

Rússia 20 x 5 Brasil

França 36 x 5 Brasil

Fiji 24 x 19 Brasil (semifinal do Challenge Trophy)

Holanda 7 x 28 Brasil (disputa do 11º lugar)

Brasil: Luiza Campos (c), Raquel Kochhann, Beatriz Futuro, Paula Ishibashi, Maíra Bravo, Isadora Cerullo, Haline Scatrut, Edna Santini, Claudia Jaqueline, Bianca Santos, Cleice Lopes e Aline Furtado. Técnico: Reuben Samuel.

Classificação geral*: 1-Nova Zelândia (96 pts.), 2-Canadá (82 pts.), 2-Austrália (82 pts.), 4-Rússia (58 pts.), 5-Fiji (54 pts.), 6-EUA (52 pts.), 7-França (46 pts.), 8-Inglaterra (36 pts.), 9-Irlanda (28 pts.), 10-Espanha (15 pts.), 11-Brasil (11 pts.)

*Com as equipes fixas

In Press Media Guide – CBRu


Mais notícias de Rugby